Práticas: o que fazemos?

O uso do design thinking como uma linguagem comum tem o objetivo de aproximar e integrar os servidores do órgão a partir da disseminação de valores como empatia, colaboração, criatividade, experimentação e foco no usuário.

       Foco  nas  pessoas      

Seguindo a perspectiva de inovação desde o seu desenho, o LAB.ges propõe uma mudança de orientação de um foco em coisas para um foco nas pessoas, que as coloca no centro das preocupações para entender suas dores, necessidades, motivações e capacidades para serem agentes do processo de inovação.

            Colaboração            

Complementando o foco nas pessoas, a cocriação é a maneira pela qual o LAB.ges compreende a colaboração ativa entre os diferentes atores. Consiste na abertura de espaços, entrega de ferramentas e motivação de múltiplos atores para co-descobrir, co-definir, co-projetar e co-implementar soluções com impacto.

             Criatividade            

O LAB.ges acredita que a criatividade é a base da inovação e é capaz de gerar diferencial. O pensamento criativo não é um dom de um grupo seleto de pessoas, mas é uma competência fortalecida no processo de busca por soluções impactantes.

  

COMO INOVAR EM GOVERNO?